"Examinai tudo. Retende o bem." (I Tessalonicenses 5 : 21).

OBRAS EM DESTAQUE

7 segredos de uma vida vitoriosa (Gl 5)


1  Estai  firmes  na  liberdade  do  evangelho  e  re­nuncie a  toda observância da  lei  (w .  1-3).
2 Mantenha a justificação na graça e obedeça à verdade  (w . 4-15)
3 Ande no  Espírito (w .  16,17).
4  Seja guiado pelo  Espírito (v.  18).
5 Crucifique a carne com suas paixões e concu­piscências (w .  19-21,24).
6  Demonstre  o  fruto  do  Espírito  na  vida  diária (w . 22,23).
7 Viva  no Espírito (w . 25,26).

7 passos da redenção do evangelho ( Gal 4.5)


1  Plano de Deus para redimir o mundo pela en­carnação do Filho de Deus (v. 4; Gn 3.15; ls 7.14; 9.6,7; Mt  1.18-25).
2  Manifestação do  Filho  de  Deus  na  plenitude dos tempos (v. 4; Dn 9.24-26; Mt 1.18-25).
3 Circunstâncias de sua vinda: nascido de mu­lher; nascido sob a  lei; para ser um perfeito sa­crifício (w. 4,5; Jo 3.16; Hb 10.1-18).
4 Redenção através de sua morte (v. 5; Rm 3.24; 1  Pe 2.24; Ef 1.7; Hb 9.15).
5  Filiação  por  adoção  de  todos  aqueles  que crerem (v. 6; Rm 8.14-16; Ef 1.5).
6 Envio do Espírito Santo (v. 6; Rm 8.9-16; Gl 3.14).
7  Herança  de todos os  filhos (v. 7;  Rm  8.14-18; Ef 1.11; 1  Pe  1.4).

15 Afirmações sobre o tempo da lei (3.19; 4.4)


1  Até que viesse a posteridade (v.  19).
2 Antes que a fé viesse (v. 23).
3 Até Cristo (v. 24).
4  Não estamos debaixo de aio (v. 25).
5 Até o tempo apontado  (4.2-5).
6 Até ser cumprida (Mt 5.17,18).
7 Até João (Mt 11.13; Lc  16.16).
8 Cristo, ofim da  lei (Rm  10.4).
9 Para ser abolido (2 Co 3.7-14).
10 Ainda permanece (Gl  4.21-31).
11  Depois da lei (Hb 7.28).
12 Até a reforma (Hb 9.10).
13 Pregada à cruz (Cl 2.14-17).
14 Mas agora (Ef 2.13-16)
15 Depois daquilo (o sacrifício de Cristo, Hb 9-16;

Gálatas se refere ao evangelho como (1.7)


1 A graça de Cristo (1.8).
2 uma revelação (1 .11 , 12).
3 Não vindo do homem (1.11).
4 O que justifica (2.16).
5 0 que dá o Espírito (3.2).
6 O que realiza milagres (3.5).
7 Redimindo da maldição da lei (3.13).
8 sendo de fé (3.22-25).
9 Redimindo os que estão sob a  lei (3.13).
10 Tornando-nos filhos, e não servos (4.6).
11 Trazendo  liberdade (4.26; 5.1,13).
12 Dando o novo nascimento (4.21-31).
13 Abolindo a circuncisão (5.2).
14 Cancelando a  lei (5.18).
15 A lei de  Cristo (6.2; 

5 razões por que Cristo entregou a si mes­mo (1.4)


1  Por nossos pecados (1.4; Mt 1.21; 26.28; 1  Co 15.3;  1  Pe 2.24).
2  Para  que  Ele  possa  nos  libertar do  presente mundo mau (1.4; Tt 2.14).
3  Para a  igreja;  para que  Ele  possa  santificá-la pela  Palavra  (Ef 5.25,26).
4  um resgate por todos (1 Tm  2.6).
5  Por  nós,  para  que  Ele  possa  nos  redimir  de toda a iniqüidade (Tt 2.14)

13 mandamentos




Galatas (5,25- 6,10):

1  Andar no Espírito (5.25).
2 Não desejar a vanglória (5.26).
3 Não provocar uns aos outros (5.26).
4 Não invejar uns aos outros (5.26).
5 Restaurar um irmão pecador (6.1).
6 Não se considerar acima da queda (6.1).
7 Carregar os fardos dos outros (6.2).
8 Testar suas próprias obras (6.4).
9 Sustentar sua  própria responsabilidade (6.5).
10 Suportar o ministério (6.6).
11  Não ser enganado (6.7).
12  Não desfalecer de fazer o bem (6.9).
13  Fazer o  bem a todos os homens (6.10)

ATRAÍDOS A CRISTO MT 2:1




1. Os magos foram atraídos a Cristo,  Mt 2.1-6
2. Os anjos foram atraídos a Cristo, Lc 2.13
3. Os pastores foram atraídos a Cristo,  Lc 2.15 
4. Os pecadores foram atraídos a Cristo, Mt 9.10


TRÊS TESTEMUNHOS DA \ FIDELIDADE DE DEUS MT 2:1



1. Jesus nasceu em Belém

1.1.  Porque assim estava profetizado, Mq 5.2
1.2.  Porque era a cidade do rei Davi, Jo 7.42
1.3. Porque  era  a  cidade  dos  antepassados  de José,Lc  1.26,27

2. Jesus nasceu no tempo certo

2.1.  Ele nasceu na plenitude dos tempos, Gl 4.4
2.2.  Ele nasceu segundo a profecia de Daniel, Dn 9.24,25
2.3.  Ele nasceu no tempo de Herodes, reedificador do tem­plo, Ag 2.6-9

3. Jesus foi visitado por magos

3.1.  Os filhos de Abraão estavam voltando do Oriente, Gn 25.6
3.2. Cumpriu-se a  profecia do Salmo 72.9-12) |

Aquela visita era uma antecipação do Reino Milenial, Is11.10

EMANUEL (DEUS CONOSCO) E SUA MENSAGEM MT 1:22



1.  Deus conosco para trazer uma mensagem de esperan­ça,  Mt 1.20
2.  Deus  conosco  para  trazer  uma  mensagem  de  salva­ção,  Mt 1.21  .
3.  Deus  conosco  para  trazer  uma  mensagem  de  paz, Mt 1.22
4.  Deus  conosco  para  trazer  uma  mensagem  de  comu­nhão,  Mt 1.23  1
5.  Deus  conosco  para  trazer  uma  mensagem  de  saúde, Mt 4.23,24
6.  Deus  conosco  para  trazer  uma  mensagem  de vitória, Lc 7.48-50
7.  Deus  conosco  para  trazer  uma  mensagem  de  vida èterna, Jo 3.16,17  '
3.  Deus conosco para trazer uma mensagem de poder, At1.8

EXAMINÁNDO A MENSAGEM DE - UM ANJO MT 1:20



Jesus  nasceu  em  Belém,  com  o  propósito deliberado de salvar  os  homens  de  seu  pecado.  O  nome Jesus, por si mesmo,  significa Salvador, aquele  que  livra  e  liberta do 
pecado. Deus não é responsável pela situação calamitosa que o  mundo experimenta,  pois Ele já enviou o Seu Filho como suficiente Salvador.

1. Jesus é anunciado e confirmado como Salvador, Mt 1.21
1.1.  O anjo anuncia que Ele salvará, Lc 2.10,11
1.2. Jesus disse: Tenho poder para perdoar,Mt 9-6

1.3.  Jesus veio buscar e salvar, Lc 19.10

2.  Porque o mundo pactuava com o pecado
2.1. Os  homens não compreendem,  não recebem, não querem, Jo 1.5; 5.40
2.2.  Existe um  poder pessoal  do mal,  inimigo de Deus e dos homens, Lc 13.16; 22.31; Jo 8.44
2.3.  Cristo foi enviado pelo Pai para ser o único Salvador, At 4.12

3.  Redenção para os que esperam a salvação
3.1.  A alma que pecar, essa morrerá, Ez 18.4
3.2.  O salário do pecado é a morte, Rm 6.23
3.3. Quem  rejeitar o  Salvador jamais  alcançará a vida eterna, Jo 3.36

4.  O mundo encontrou seu Salvador, Jo 3.16

A divindade e a humanidade de Jesus



Sua humanidade
Ele cresceu (Lc 2.40,52).
Ele tinha aparência de homem ( J o 4.9; 20.15).
Ele teve fome (M t 4.2).
Ele conheceu a sede ( J o  19.28).
Ele ficava cansado (M c 4.38; J o 4.6).
Ele chorou (Lc  19.41; J o  11.35).
Ele sofreu, sangrou e morreu  (M t 27.50; J o  19.34; 1  Pe2.21).
 

Sua divindade
Ele é chamado de Deus (Tt 2.13).
Ele é e terno (Ap  1.8,18).
Ele não muda (H b  13.8).
Ele é Todo - poderoso (H b 1.3).
Ele é onisciente (Cl 2.3).
Ele é onipresente (M t 18.20)

Eu Tenho a Chave




Não há nenhuma dúvida quanto ao significado espiritual da chave de Davi no Novo Tes­tamento. 
O próprio Jesus, na carta à igreja de Filadélfia, declara que Ele é “aquele que é santo
e verdadeiro, que tem a chave de Davi”. Ele fecha e abre a porta, e ninguém pode reverter sua
decisão. Ele é o verdadeiro Eliaquim, “a Ressurreição” e “o Vingador”.
 

O Novo Testamento declara que Ele tem todas as chaves:
Do Reino dos céus (Mt 16.19)
Do conhecimento (Lc 11.52)
Da morte e do Hades (Ap 1.18)
Do poço do Abismo (Ap 9.1; 20.1)
De Davi (Ap 3.7)


Ele tem a chave para todas as situações. Ele deixa que as pessoas entrem ou as mantêm
do lado de fora. Se ele não usar a chave para abrir a porta, ninguém poderá entrar. Esse é
0 significado verdadeiro de seu uso em Atos 15.15-18. A chave de Davi é a que abre a porta
da fé e deixa tanto judeus quanto gentios entrarem no relacionamento da nova aliança com
Deus, por meio de Cristo.



Os materiais de origem vegetal usados no Tabernáculo são:




1. Linho fino: Apocalipse 19. 7,8 menciona claramente que o linho fino“são os atos justos dos santos”. Os santos, contudo, somente experimentam essa justiça quando se revestem de Cristo. Assi m, esse elemento representa primeiramente a justi ça de Cristo ( veja também Apocalipse 15.5,6).
 

2. Madeiro de acácia: Esta madeira usada no Tabernáculo é bastante durável. A Septuaginta traduz como “incorrupt í vel ” ou “não deterior ável ”.Como a madeira é produzida na terra, ela revela a natureza humana de Cristo.A madeira de acácia ou madeira incorrupt í vel est á relacionada à humanidade incorruptível, sem pecado, do Senhor Jesus Cristo, que é o “renovo [ramo novo] justo”. Da mesma forma também está relacionada ao seu corpo redimido, a Igreja ( veja Isa ías 11.1-3 e Jeremias 25.5-6).
 

3. Óleo para a iluminaçã o: O óleo sempre simboliza o Espírit o Santo.Aqui ele é usado para a iluminação, revelando o minist ério de iluminação representado pelo Espírit o Santo. Cabe ao Espírit o Santo iluminar nossos olhos para a Palavra de Deus (1 João 2.20,27; João 1. 41).
 

4. Especiarias para o óleo da unção: A unção com óleo revela a ação do Espírito Santo nos ungindo para o ministério. As especiarias, portanto, referem-se aos dons, caráter, fruto e outras ações do Espírito Santo ( 1 João 2.20,27;Gálatas 2,23 e Cantares 4.16).
 

5. Especiarias para o incenso aromático: O incenso simboliza a oração,que chega ao Senhor como incenso ( Salmo 141.2). As especiarias para este incenso aromático representam os vários aspectos ou tipos de oração:intercessórias, de louvor e de adoração a Deus. O incenso sempre se move no sentido do homem em direção a Deus (Lucas 1.10; Romanos 8.26,27 e Apocalipse 5.8) .

Os materiais de origem mineral usados no Tabernáculo são:




1. Ouro: Tanto no Antigo como no Novo Testamento, o ouro sempre está relacionado à divindade, à natureza divina, para a glória de Deus e de Deus Pai.
(Examine os seguintes versí culos: Jó 23.10; 1 Pedro 1.7; 2 Pedro 1.4 e Apocalipse 21. 21, 22).
 

2. Prata: Esse metal precioso relaciona-se com a redenção, com a expiação, com o valor do resgate e com Deus, o Filho. Essa relação se torna evidente no preço pago pela traição de Cristo, nosso resgatador ( veja também: Êxodo 30.11- 16; Zacarias 11.12,13 e 1 Pedro 1.18-20).
 

3. Bronze: Esse metal simboliza poder e juí zo contra o pecado, e está relacionado ao Espírit o Santo de Deus. Deus declara que se nós não atentarmos para a sua voz, o céu sobre nossas cabeças ser á como bronze (Deuteronômio 28.13- 23), expressando o juí zo de Deus sobre o homem. Se nós não atentarmos para a sua voz, Ele não atentará para a nossa voz (passagens adicionais: Números 21.5-9; Jó 40.18; Isaías 4.4 e Apocalipse 1.12-15).
 

4. Pedras preciosas: As pedras preciosas deveriam ser utilizadas principalmente nas vestes sacerdotais, representando os vários dons do Espírito Santo, a glória dos santos, as riquezas pertencentes ao povo de Deus e os atos de justi ça dos fil hos de Deus. Elas dão testemunho tanto da Palavra quanto do Espírito (1 João 5.6- 11) Para referências adicionais, veja Provérbios 17.8, 1 Coríntios 3. 9-17 e Apocalipse 21.18- 20


Os seguidores da Nova Era utilizam-se muito de simbolismo.




Yin-Yang.  Antigo  símbolo  oriental, originária  do  taoísmo,  que  representa  o negativo  e  o  positivo.  Simboliza  o equilíbrio  das  energias  cósmicas  divinas com  deus  dois  pólos  opostos

 
Fita  Entrelaçada.  Simboliza  a interdependência  global  com  a  unificação de  todos  os  setores.  Foi  utilizada  por Marilyn  Ferguson  em  seu  livro  A Conspiração  Aquariana,  em  1980.


 
Urano.  É  o  planeta  que  rege  a  era  de aquário,  segundo  os  astrólogos. Simboliza  a  harmonia e  o  equilíbrio  entre os  homens  e  o  cosmos.


 
Pirâmide.  Utilizada  como  captadora  de energia  cósmica,  que  segundo  crêem, beneficia  as  pessoas.




 Pentagrama.  De  cabeça  para  cima simboliza  o  Ser  Cósmico  Divino  em  sua plenitude,  o  Todo  Divino,  o  Absoluto.  0 triângulo  superior  com  um  olho  ao  centro significa  o  ser  superior  a  todos  na  cadeia hierárquica,  onde  encontramos  presente o  fator  lúcifer.  Acreditam  que  o pentagrama  é  um  potente  emanador  de bons  fluídos.  Já  de  cabeça  para  baixo,torna-se  emanador  de  maus  fluídos.


 
Pé  de  Galinha,  Símbolo  da  Paz.  É  a cruz  representada  com  os  braços quebrados,  o  que  seria  uma  suposta  e ilusória  vitória  de  satanás  sobre  Cristo. Conforme  crêem,  utilizar  este  símbolo em  brincos,  pingentes,  broches,  etc., proporciona-lhes  paz.  Outros  nomes:  pé- de-bruxa,  cruz  de  Nero  e  pé-de-duende.


 

666.  Os  aquarianos  difundem  este  como sendo  um  de  seus  principais  símbolos. Este  número  é  mencionado  na  Bíblia  (Ap 13.18)  referindo  à  besta  (satanás). 

 

Anarquia.  Esta  é  a  marca  registrada  de satanás.  Como  o próprio  nome  sugere,
anarquia  é  um  estado  de  coisas  que  o diabo  gosta,  pois  o  seu  trabalho  é  criar  o
caos  onde  Deus  criou  a  perfeição.  Jesus disse  que  ele  veio  para  matar,  roubar  e destruir  (Jo  10.10). 



 
 Cruz  Suástica  ou  Cruz  Gamada.  Muito difundido  como  símbolo  do  nazismo durante  a  2a  guerra  mundial.  Suas
extremidades  foram  viradas  para  trás  em ângulos  retos.  Suástica  vem  da  língua sânscrita  que  significa  "está  tudo  bem"
ou  "assim  seja"  e,  segundo  os  místicos, implica  em  aceitação,  indicando  vida, movimento,  prazer,  felicidade  e  boa sorte.



Hang  Loose  ou  Mão  Boba.  "Hang Loose",  estas  palavras  querem  dizer
"pendurar  frouxo"  ou  "suspender frouxamente".  No  caso  a  segunda tradução  é  a  mais  exata.  Significa  desde admitir  a  impotência  sexual  até  a incapacidade  de  levantar-se  da  cama.  Ou seja,  tudo  o  que  uma  pessoa  for  fazer para  cima  para  o  progresso, "suspender",  o  fará  frouxamente.  Quer dizer que  as  pessoas  estão  prostradas. 


 


Invocação  Satânica.  Sinal  secreto  para invocação  de  demônios.  Seitas  secretas que  cdoram  a  satanás  adotam  este  sinal para  invocação  dos  poderes  das  trevas  e ain-‘_.  cm  muitas  destas  seitas,  a  "mão chifrada"  é  um  sinal  de  saudação  ou  é feito  secretamente  para  identificação mútua.

 
Mancha  Louca.  Em  termos  gráficos  esta mancha  é  uma  variante  hexaxial,  ou  um círculo  com  seis  reentrâncias  em  formas arredondadas,  usados  com  logotipo  de empresas  e/ou  produtos  em  geral. Esotéricamente,  o  nome  diz  tudo, "mancha  louca".  É  conhecida  também como  manha  de  sangue  e  o  objetivo  é vulgarizar  o  sangue  purificador  de  Jesus, com  a  finalidade  de  torna-lo  banal  e  sem nenhum  valor  como  elemento  remissor dos  pecados  da  humanidade. 




Olho  de  Satã.  Tem  origem  egípcia, significando  que  satanás  está  de  olho  em todas  as  coisas.  0  losango  abaixo  do olho  representa  o  choro  por todos  os  que estão  fora  do  seu  alcance.